Postagens

Mostrando postagens de Novembro 27, 2016

EDUCAÇÃO ESCOLAR INDÍGENA

Imagem
Famílias Apinajé da aldeia São Raimundo no município de Tocantinópolis, no Norte de Tocantins reivindicam implantação de Escola na comunidade.


       No último dia 23/11/2016 lideranças da aldeia São Raimundo localizada na T.I. Apinajé no município de Tocantinópolis-TO, estiveram reunidas para debater a situação da educação naquela comunidade. Na ocasião as lideranças resolveram elaborar documentos para enviar à Secretaria de Educação do Tocantins/SEDUC, solicitando à implantação de uma Unidade Escolar naquela aldeia.         A aldeia São Raimundo foi fundada em outubro de 2010 por famílias vindas da aldeia Mariazinha, atualmente na comunidade moram 12 famílias, somando mais de 70 pessoas. O cacique Vicente K. Krikati explicou as dificuldades que as crianças enfrentam para frequentar as aulas na aldeia Mariazinha e cobram do Estado a construção de uma escola para atender as crianças na própria aldeia.        Estão sendo encaminhados documentos à FUNAi/CTL de Tocantinópolis e ao Ministéri…

SEM CERRADO, SEM ÁGUA, SEM VIDA

CARTA ABERTA EM DEFESA DO CERRADO Brasília, 18 de Novembro de 2016 Nós, Camponeses(as), Agricultores(as) Familiares, Povos Indígenas, Quilombolas, Geraizeiros(as), Fundos e Fechos de Pasto, Pescadores(as), Quebradeiras de Coco, pastorais sociais, entidades da sociedade civil e apoiadores que participam da Campanha Nacional em Defesa do Cerrado, representantes de comunidades camponesas de Moçambique, e ativista ambiental do Japão e organizações brasileiras que participam da Campanha Não ao ProSavana, reunidos  no Seminário Nacional “MATOPIBA: conflitos, resistências e novas dinâmicas de expansão do agronegócio no Brasil”, em Brasília/DF, nos dias 16,17 e 18 de novembro de 2016, debatemos sobre a Destruição do Cerradoe asconsequências e impactos para os Povos que aqui vivem.
O Bioma Cerrado, também  conhecido como o Berço das Águas, mantém três grandes aquíferos (Guarani, Bambuí e Urucuia) e é responsável pela formação e alimentação de grandes rios do continente, como São Francisco, Tocant…

SEMINÁRIO

Imagem
MATOPIBA: CONFLITOS, RESISTÊNCIAS E NOVAS DINÂMICAS DE EXPANSÃO DO AGRONEGÓCIO NO BRASIL”
     As mobilizações indígenas e camponesas iniciadas na 1º semana novembro de 2016 em órgãos públicos dos poderes Legislativo, Executivo e Judiciário em Brasília-DF contra o PDA/Matopiba, continuaram nos dias 16 a 18 de novembro durante o Seminário “Matopiba: conflitos, resistências e novas dinâmicas de expansão do agronegócio no Brasil” realizado na sede da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura-CONTAG.            O Seminário foi organizado pela Comissão Pastoral da Terra – CPT e reuniu representantes de entidades e organizações camponesas, indigenistas, trabalhadores rurais, pescadores, povos indígenas, quilombolas, estudantes e professores universitários dos Estados de Maranhão, Piauí, Bahia e Tocantins. O evento faz parte da Campanha Nacional em Defesa do Cerrado lançada em agosto último na cidade de Goiás-GO. O lema da Campanha é: SEM CERRADO, SEM ÁGUA, SEM VIDA.         Tivemo…